Se eu pudesse

Se eu pudesse, pediria desculpas para todos que eu magoei. Voltaria a andar pelos caminhos que eu havia prometido nunca mais passar. Teria colocado todos meus barquinhos no rio que a chuva formava ali na beira da minha calçada e assim imaginar que eu, somente eu, poderia domar qualquer correnteza. Choraria todas as vezes que senti … Leia Mais

Porque é meia noite

No quarto escuro agora, é meia noite tento dormir mas não consigo. Os pensamentos chegam um atrás do outro, em um emaranhado perturbador. É nessa hora que meus medos afloram, minhas angústias, aquelas lembranças de tudo que tanto doeu um tempo atrás, a saudade dos  momentos felizes que duraram tão pouco e a dualidade que … Leia Mais

Cabelos molhados

Hoje eu quero andar descalça, rodopiar em uma dança louca em todos os salões em que nunca pisei. Quero deitar na relva verdinha, em um campo de florzinhas amarelas, ficar bem quietinha e ouvir só o barulho do silêncio. Quero esquecer tudo o que não paro de lembrar,  que me machuca, corrói e me faz … Leia Mais

Pontuação

Aprendi a ler de carreirinha e nas entrelinhas, Não faço questão de pontos finais e nem de vírgulas, Travessão e dois pontos, Deixo para quem sabe de todos os assuntos, Eu fico apenas com os pontos de interrogação e de exclamação.   Prefiro fala mais com os olhos do que com palavras, É no silêncio … Leia Mais

Garota

E aí? Já decidiu se vai ser médica, engenheira, costureira, modelo, manequim, motorista de caminhão, babá, escritora, maquiadora, policial feminina, enfermeira ou atriz? Ah! Já sei, ainda está indecisa? Pois lhe dou toda razão, bom seria continuar menina brincando de adulta para sempre, sem ter que decidir nada, não é? Só que não vai dar, … Leia Mais